Artigo 1.º Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.

Dia 22/11 – domingo

PONTE DA PASSARELA

17h – Pacha Adventure Vertical

 

CINE TEATRO RECREIO

18h – ABERTURA
Show Boliviano: Mentes Ociosas – 50min
Apresentação musical com Leila Hoffmann

CINE RECREIO

20h – Sessão de Abertura
Filme: O ABRAÇO DA SERPENTE – Dir. Ciro Guerra. Ficção. Colômbia, 2015, 125’. Livre.Após anos de solidão, um antigo Xamã amazônico é encontrado por um etnobotânico americano e juntos embarcam em uma viagem ao coração da selva a procura de Yakruna, a planta capaz de ensinar a sonhar.

COQUETEL PERUANO oferecido pelo Consulado Geral do Peru em Rio Branco

Dia 23/11 – segunda-feira

USINA DE ARTE JOÃO DONATO – CINEMA

9h-12h – OFICINA DE PÓS-PRODUÇÃO com Ana Júlia Werneck.

 

USINA DE ARTE JOÃO DONATO – TEATRO

9h-12h – ENCONTRO COM CHICO DÍAZ

 

BIBLIOTECA PÚBLICA

14h – Mostra Mirada Latina.
Filme: CAJA 25 – Dir. Delfina Vidal e Mercedes Arias. Documentário. Panamá, 2014, 70’. A tortuosa relação entre Estados Unidos e Panamá, matrimônio que durou um século. Baseia-se em cartas de 1963, um legado praticamente esquecido. O resgate dessas memórias dá consistência à fragmentada memória histórica do povo panamenho

 

15h15 – Mostra Competitiva de Curta Metragem – Programa 1:
Tempo total: 1h44min.

NUEVA VIDA – Dir. Kiro Russo. Argentina, 2015, 16’. ESTREIA NACIONAL

CAZADOR – Dir. Ricardo Valenzuela Pinilla. Chile, 2015, 13’. ESTREIA NACIONAL

LA LUZ DE MIS OJOS – Dir. Carmen Rosa Vargas. Peru, 2015, 8’. ESTREIA NACIONAL

A BORDO – Dir. Davi Mello. Brasil, 2015, 22’. ESTREIA MUNDIAL

PALHAÇOS ANÔNIMOS – Dir. Edu Camargo e Gabriel do Valle. Brasil, 2015, 15’.

LA INTERNACIONAL – Dir. Tatiana Mazú. Argentina, 2015, 13’. ESTREIA NACIONAL

HASTA QUE REGRESE – Dir. Luisa García Alva. Peru, 2015, 17’) ESTREIA NACIONAL

 

CINE RECREIO

14h – Mostra Índio – Foco Ashaninka
Filme: A GENTE LUTA MAS COME FRUTA – Dir Isaac PinhantaValdete Pinhanta. Brasil, 2006, 40’. O manejo agroflorestal realizado pelos Ashaninka da aldeia APIWTXA no rio Amônia, Acre. No filme eles registram, por um lado, seu trabalho para recuperar os recursos da sua reserva e repovoar seus rios e suas matas com espécies nativas, e por outro, sua luta contra os madeireiros que invadem sua área na fronteira com o Peru.

Filme: NO TEMPO DO VERÃO – Coletivo Ashaninka de Cinema. Brasil, 2012, 22’. Na aldeia Ashaninka, verão é tempo de farra de passarinho, pé de fruta carregado e pescaria em família. Mas é, antes de tudo, tempo de descoberta. As crianças deixam de ir à escola para aprender com os mais velhos a vida na floresta: fazer flechas, construir abrigo na margem do rio, acender o fogo, cozinhar macaxeira, fisgar peixe com arpão…

 

19h – Mostra Mirada Latina
Filme: ORAÇÃO DO AMOR SELVAGEMDir. Chico Faganello. Ficção. Brasil, 2015, 90’ Um homem e sua filha pequena desafiam os representantes das leis divinas no vilarejo onde vivem e partem em busca de liberdade. Mas o que poderia ser uma vida abençoada pela felicidade, torna-se um labirinto de ciúmes e violência. Só que nenhum deus pode impedir alguém de ser feliz.
*PRESENÇA DO ATOR CHICO DÍAZ E DO DIRETOR CHICO FAGANELLO.

21h – Mostra Mirada Latina
Filme: PLACER Y MARTIRIODir. José Celestino Campuzano. Ficção. Argentina, 2015, 100’. 16 anos. Delfina é uma bela mulher de 45 anos, que goza uma vida tranquila ao lado do marido fiel e da filha adolescente, até que se torna amante de Kamil, um suposto empresário de origem árabe, um manipulador tão habilidoso e cruel que conduzirá Delfina a um inexplicável nível de degradação emocional e física. CLASSIFICAÇÃO: 16 ANOS

CENTRO CULTURAL LYDIA HAMMES – BAIRRO SOBRAL

19h – CINEMA NOS BAIRROS
Programa Cinema nos Bairros
Tempo total aproximadamente 90min. CLASSIFICAÇÃO LIVRE

A FUGA Dir. Douglas Alves Ferreira. Brasil, 2015, 3’. Em 50 A.C. no antigo Egito,o exército romano está conduzindo seus mais recentes prisioneiros de guerra pelo deserto, inconformado um menino consegue fugir de seus captores.

ASSALTO AO TREM Dir. Wlisses. Brasil, 2014, 6’.

ATÉ A CHINA Dir. Marão. Brasil, 2015, 15’. Fui pra China só com bagagem de mão. Na China os motociclistas usam casaco ao contrário e os restaurantes servem cabeças de peixe, lagostins e enguias. A funcionária do evento estuda cinema e gosta de filmes de Kung Fu. Comprei pés de galinha embalados a vácuo.

BALU Dir. Paula Gomes. Brasil, 2014, 15’. O melhor amigo do menino é Balu, um cachorro vira-lata. Mas a sua mãe não permite que o cão fique em casa. Um dia Balu desaparece misteriosamente. Em busca do amigo perdido, o menino vai descobrir o mundo à sua volta.

GAROTO PROPAGANDA Dir. Christopher Faust. Brasil, 2015, 23’. Vitor, famoso quando criança por ser garoto propaganda de uma marca de creme dental, tem um reencontro com uma garota do seu passado.

MAPINGUARI CONTRA O LIXO MUTANTE Dir. Christyan Ritse. Brasil, 2015, 2’. Curta desenvolvido por alunos participantes da oficina de animação na Escola Castelo Branco – Porto Velho.

MAPINGUARI SALVA A FLORESTA Dir. Christyan Ritse. Brasil, 2015, 3’. Curta desenvolvido por alunos participantes da oficina de animação na Escola Barão do Solimões – Porto Velho.

MOÇA BONITA DO LAÇO DE FITA Dir. Diego Lopes e Cláudio Bitencourt. Brasil, 2014, 7’. Livre. A história de um coelho que, apaixonado pela cor negra de sua vizinha, faz tudo para ficar igual ela. Depois de várias tentativas frustradas, acaba encontrando a felicidade ao se casar com uma coelha preta e ter filhos brancos, pretos e malhados.

MISS & GRUBS – Dir. Dir. Camila Kamimura e Jonas Brandão. Brasil, 2015, 9’. Era uma vez, em uma Floresta Escura onde não penetrava a luz nem o amor, uma roedorazinha que vivia em uma perfeita casa-ovo, na qual tudo se encaixava e funcionava perfeitamente bem. Um dia, porém, sua fonte de energia se esgota. E então, Miss precisa se expor aos perigos selvagens da escuridão para encontrar o que lhe falta.

NA BOCA DO MAPINGUARI – Dir. Dir. Áriston S. Oliveira. Brasil, 2015, 3’. Existe uma criatura misteriosa que não dorme em sua batalha para manter o equilíbrio do meio ambiente, o Mapinguari. Os que conhecem o temem. Para os que não conhecem, um alerta para andarem sempre em harmonia com a natureza, pois, ao contrário, podem parar na boca do Mapinguari e isso pode revelar uma viagem um tanto indigesta.

QUEREMOS UM MELHOR TRÂNSITO – Dir. Dir. Christyan Ritse. Brasil, 2015, 4’. Curta desenvolvido por alunos participantes da oficina de animação na Escola Duque de Caxias – Porto Velho.

UFAC – ANFITEATRO

15h – Mostra Identidades
Filme: A NAÇÃO QUE NÃO ESPEROU POR DEUS – Dir. Lucia Murat e Rodrigo Hinrichsen. Documentário. Brasil, 2015, 89’. Filme sobre os kadiwéu, etnia indígena do Mato Grosso do Sul. A chegada da luz elétrica – e, com ela, da televisão, das novelas, do mundo do entretenimento -, o estabelecimento de igrejas evangélicas na reserva e a luta dos kadiwéu pela demarcação de suas terras são algumas das transformações registradas.

19h – Mostra Competitiva Internacional de Longa Metragem
Filme: EL APÓSTATA – Dir. Federico Veiroj. Uruguai, 2015, 80’. Tamayo sabe que precisa mudar a pessoa que se tornou por causa da pressão e das expectativas de seus pais. Sua oposição se manifesta em um pedido formal para ter seu nome retirado do registro de batismos da Igreja Católica. Mas encontrar seu próprio caminho é difícil, e colocar os sentimentos em palavras parece ajudar.

21h – Mostra Competitiva Internacional de Longa Metragem
Filme: EL MOVIMIENTO – Dir. Benjamin Naishtat. Argentina/Coreia do Sul, 2015, 70’.Grupos de homens armados vagueiam ao longo dos Pampas exigindo apoio e alimentos dos camponeses. Rivais entre si, todos eles afirmam lealdade a El Movimento. Uma das gangues é liderada por Señor, um homem que intenta fundar uma nova e pacífica ordem. Suas palavras e modos seduzem o povo, mas seus métodos revelam uma imparável sede de poder.

Dia 24/11 – terça-feira

USINA DE ARTE JOÃO DONATO – CINEMA

9h12h – OFICINA DE PÓS-PRODUÇÃO com Ana Júlia Werneck

 

USINA DE ARTE JOÃO DONATO – TEATRO

9h12h – ENCONTRO COM CHICO DÍAZ

 

SALA DE REUNIÕES – HOTEL HOLIDAY INN

10h-12h – Roda de Conversa: DISTRIBUIÇÃO, MERCADO E CIRCULAÇÃO DE FILMES
CONVIDADOS: Marisa Merlo, Marcelo Cordero, Alexandre Nunes, Ricardo Targino – Mediador: Ney Ricardo.

 

BIBLIOTECA PÚBLICA – FILMOTECA

14h – Mostra Mirada Latina
Filme: BOLISHOPING – Dir. Pablo Stigliani. Drama. Argentina, 2014, 88’. 16 anos. Entre transações e arranjos com a polícia, Marcos trabalha para um empresário têxtil ligado a grandes marcas de roupa. Sua loja clandestina funciona à perfeição, até o dia em que contrata dois imigrantes ilegais recém-chegados da Bolívia.

 

15h – Mostra Competitiva de Curta Metragem – Programa 2:
Tempo Total: 1h35min.

NUMEN – Dir. Paulo Pécora. Argentina, 2015, 5’. ESTREIA NACIONAL

PRIMAVERA – Dir. Joaquín Tapia Guerra. Bolívia, 2015, 16’. ESTREIA NACIONAL

TIERRA EN MOVIMIENTO – Dir. Tiziana Panizza. Chile, 2015, 34’. ESTREIA NACIONAL

DIONISIO – Dir. Isabel Vaca. México, 2015, 15’. ESTREIA NACIONAL

EL FORASTERO – Dir. Diogo Cronemberger. Brasil, 2015, 25’.

 

19h – Mostra Mirada Latina
Filme: ATRAVÉS Dir. André Michiles, Diogo Martins e Fábio Bardella. Brasil, 2015, 105’. 16 anos. Em 2012 Raul Castro revogou a lei da Carta Branca. Desde então cubanos podem viajar ao exterior sem autorização. A protagonista Cintia vive essa transição. Antes de procurar por seu futuro, ela viajará em busca de suas raízes. CLASSIFICAÇÃO: 16 ANOS

CINE RECREIO

14h – Mostra Índio – Foco Ashaninka
Filme: APIWTXA – Dir. Coletivo Ashaninka de Cinema. Brasil, 2010, 52’. A nova geração de cineastas Ashaninkas revela o dia a dia da Aldeia Apiwtxa no rio Amônea no Acre, com alguns de seus personagens mais pitorescos.

Filme: SHOMOTSI – Dir. Coletivo Ashaninka de Cinema. 42’. Crônica do cotidiano de Shomõtsi, um Ashanika da fronteira do Brasil com o Perú. Professor e um dos videastas da aldeia, Valdete retrata o seu tio, turrão e divertido.

 

19h – Mostra Competitiva Internacional de Longa Metragem
Filme: LA ONCE – Dir. Maite Alberdi. Documentário. Chile, 2014, 70’. Livre. Cinco amigas se reúnem para um chá todos os meses desde que saíram do colégio, há 60 anos.

20h15 – Mostra Trifronteira – Brasil
Filme: SANGRIA – Dir. Eduardo Di Deus. Documentário. Brasil, 2015, 9’. O interior de São Paulo produz hoje mais da metade da borracha natural no Brasil. Sangria é uma imersão na prática de diferentes sangradores. Um convite a experimentar um percurso possível na rotina destes seringueiros paulistas.

21h – Mostra Competitiva Internacional de Longa Metragem
Filme: O PREFEITODir. Bruno Safadi. Ficção. Brasil, 2015, 70’. Livre. O Prefeito da cidade do Rio de Janeiro quer entrar para a história. Para tanto, decide separá-lo do Brasil e fundar um novo país.

 

UFAC – ANFITEATRO

15h – Mostra Competitiva Internacional de Longa Metragem
Filme: CUERPO DE LETRA – Dir. Julián d’Angiolillo. Argentina, 2015, 76’. Livre. Em Buenos Aires e arredores, muros nas rodovias se convertem frequentemente em propaganda política. Esses espaços publicitários ilegais são disputados por grupos distintos. Esta é uma ficção documental, que revela um mundo semi-oculto, com suas próprias lógica, códigos e hierarquias.

19h – Mostra Foco Luis Opina
Filme: LA DESAZÓN SUPREMADir. Luis Opina. Documentário. Colômbia, 2003, 90’.Documentário sobre Fernando Vallejo, o polêmico escritor colombiano residente no México. Ao decidir falar em seu próprio nome e assumir sem subterfúgios ou disfarces seus amores e ódios, Vallejo quebra a mais obstinada tradição literária: a do narrador onisciente que tudo sabe e vê.

21h – Mostra Foco Luis Opina
Filme: SOPRO DE VIDADir. Luis Opina. Ficção. Colômbia, 1999, 110’. Fierro, ex-policial, investiga o assassinato de uma bela jovem senhora, em um hotel decadente no centro de Bogotá. Aos poucos conhece a incomum galeria de homens com que ela se relacionava, e acaba enredado entre eles.

 

CIDADE DO POVO

19h – CINEMA NOS BAIRROS
Programa Cinema nos Bairros
Tempo total aproximadamente 90min. CLASSIFICAÇÃO LIVRE

Dia 25/11 – quarta-feira

USINA DE ARTE – CINEMA

8h-12h – CONSULTORIA LIVRE DE PÓS-PRODUÇÃO PARA PROJETOS DE AUDIOVISUAL

 

USINA DE ARTE – ESTÚDIO

14h-17h – OFICINA DE PRODUÇÃO MUSICAL PARA DJ com Marcelo Shama (RJ)

 

SALA DE REUNIÕES – HOTEL HOLIDAY INN

10h-12h – Roda de Conversa: VEIAS ABERTAS DO CINEMA LATINOAMERICANO
Com Diego Lerer, Giselle Lucena, Santiago Espinoza. Mediadora: Andréa Zilio

 

BIBLIOTECA PÚBLICA – FILMOTECA

9h-12h – OFICINA DE REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL com Adirley Queirós

15h – Mostra Identidades
Filme: TREZE HORAS DE REBELION – Dir. Maria Galindo. Docuficção. Bolívia, 2014, 80’. Docu-ficción que visibiliza uma rebelião subterrânea que vem send protagonizada pelas mulheres. Composto de seis curtas-metragem que tratam da coisificação da corpo da mulher, do aborto e da violência machista.

16h – Roda de Conversa: DESPATRIARCALIZAÇÃO E FEMINISMO NA AMÉRICA LATINA
Com María Galindo. Mediadora: Rose Farias

 

BIBLIOTECA DA FLORESTA

15h – Mostra de Cinema Comunitário Stefan Kaspar
Filme: KORUBO, Uma etnia sem fronteirasDir. Ernesto Solis, Mariana Fagundes e Luís Abramo. Documentário. Brasil, 2013, 62’. Livre. O documentário debate a política de proteção aos povos indígenas em isolamento voluntário ou contato inicial, sob a perspectiva dos Korubo – etnia que habita o Vale do Javari, no Amazonas.

16h – Mostra de Cinema Comunitário Stefan Kaspar
Filme: CHIQUICHIQUICHIQUI – Dir. Andrea Villalobos, Yaneth Gallego e Samantha Rodriguez. Documentário. Colômbia, 2015, 24’. Livre. Com uma receita tradicional à base de milho, a comunidade recorda sua cultura ancestral arrebatada pela ambiciosa exploração de minério em seu território. Uma história de resistência através da comida.

 

TERREIRO DA DONA MARIA – BAIRRO TANCREDO NEVES

19h – CINEMA NOS BAIRROS
Filme: MÃES DO PINA – Dir. Leo Falcão. Documentário. Brasil, 2015, 71’. Um mergulho no universo feminino de cinco mães de santo da Comunidade do Bode, bairro do Pina, em Recife. Por meio de cerimônias, festas e trabalhos sociais, sob cuidado maternal, essas mulheres promovem a transformação pessoal e o desenvolvimento social do seu entorno.

CINE RECREIO

9h – Mostra Pacha Caboquinho
Filme: MINHOCAS – Dir. Roberto Santucci. Animação. Brasil, 2013, 76’. Livre. Júnior é uma minhoca pré-adolescente em crise existencial. Cavado acidentalmente para fora da terra, precisará encontrar, junto aos novos amigos Nico e Linda, um jeito de voltar pra casa. Mas antes terá que impedir os planos de dominação de um terrível tatu-bola.

HOMENAGEM A LUIS OSPINA
19h – Mostra Foco Luis Opina
Filme: UM TIGRE DE PAPEL – Dir. Luis Opina. Documentário. Colômbia, 2007, 114’. Usando como pretexto a vida e a obra de Pedro Manrique Figueroa, precursor da colagem na Colômbia, o filme nos leva através da história entre 1934 e 1981, ano do misterioso desaparecimento do artista.

21h – Mostra Trifronteira (Bolívia)

Filme: BOLLYWOOD – Dir. Sergio Bastani. Bolívia, 2015, 9’. Um ensaio visual sobre a visão da Bolívia na cinematografia mundial.

Filme: LA HERENCIA – Dir. Christian Calvo de Herrera. Suspense. Bolívia, 2014-15, 100’. Livre. Para salvar o que ama, uma mãe vende sua alma, a de seu filho e a de mais uma geração. Porém a terceira não chega, pois quem a daria à luz é estéril. Agora o inferno quer cobrar o pacto, e os envolvidos sequer estão cientes.

 

UFAC – ADUFAC

15h – Ciclo de Palestras Petrobras20 ANOS DE CINEMA, com Lisandro Alonso

 

UFAC – ANFITEATRO

19h – Mostra Competitiva Internacional de Longa Metragem
Filme: PROCRASTINACIÓN – Dir. Sergio Pinedo. Bolívia, 2015, 75’ Uma criação narrativa através da junção de eventos gravados em sequências aleatórias envolvendo quatro personagens que carecem de moral e ética. Uma visão sombria do comportamento humano e da aleatoriedade da vida.

21h – Mostra Competitiva Internacional de Longa Metragem
Filme: A SEITA – Dir. André Antônio. Ficção. Brasil, 2015, 70’. Livre. 2040 foi um ano importante para mim por duas razões. A primeira é que foi o ano em que decidi deixar as Colônias Espaciais e voltar a morar no Recife. E a segunda é que foi em 2040 que eu descobri a existência da Seita.

 

LOFT

22h – PACHA LOFT

Dia 26/11 – quinta-feira

BIBLIOTECA PÚBLICA – FILMOTECA

9h-12h – OFICINA DE REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL com Adirley Queirós

14h – Mostra Água
Filme: JACI – Dir. Caio Cavechini e Carlos Juliano Barros. Documentário. Brasil, 2015, 102’. Livre. Registros do impacto da instalação da usina hidrelétrica de Jirau sobre a pequena vila de Jaci, em Rondônia. Disputas, prisões, denúncias de desaparecimento e a rebelião que paralisou a obra em 2011, por vezes captados pelos celulares dos próprios trabalhadores.

16h-18h – Debate sobre o tema: ÁGUA
Convidados: Israel, Ibereê, Foster Brown (especialista sobre clima na região amazônica). Mediador: Dande

 

USINA DE ARTE – ESTÚDIO

14h-17h – OFICINA DE PRODUÇÃO MUSICAL PARA DJ com Marcelo Shama (RJ)

 

CINE RECREIO

14h – Mostra Pacha Caboquinho
Filme: UMA HISTÓRIA DE AMOR E FÚRIA – Dir. Luiz Bolognesi. Animação. Brasil, 2012, 75’. Livre. O amor entre um herói imortal e Janaína, por quem é apaixonado há 600 anos. Como pano de fundo, quatro fases da história do Brasil: a colonização, a escravidão, o Regime Militar e o futuro, em 2096, quando haverá guerra pela água.

19h – Mostra Miração
Lançamento do filme: IMPÉRIO DA FLORESTA – Dir. André Sampaio. Documentário. Brasil, 2014, 70’. Livre. Breve história das origens e desdobramentos do uso ritual da ayahuasca na religiosidade popular brasileira do Santo Daime.

21h – Mostra Água
Filme: 5 VEZES CHICO – Dir. Gustavo Spolidoro, Ana Rieper, Camilo Cavalcante, Eduardo Goldenstein, Eduardo Nunes. Documentário. Brasil, 2015, 90’. Livre. Cinco diretores de estilos diferentes dão início a uma viagem afetiva pelos cinco estados banhados pelo Rio São Francisco. A fé, as paixões, as lendas e lutas nas comunidades às margens desse gigante que atravessa o Brasil e desemboca no exuberante mar do Nordeste.

0h – Sessão da Meia-noite
Filme: CONDADO MACABRO – Dir. Marcos de Brito e André de Campos Mello. Ficção. Brasil, 2015, 113’. Após um massacre em uma mansão nas proximidades da floresta, um palhaço coberto de sangue tenta provar sua inocência para o policial que o encontrou na cena do crime.

BIBLIOTECA DA FLORESTA

15h – Mostra de Cinema Comunitário Stefan Kaspar
Filme: UM SALVE DOUTORDir. Rodrigo Sousa e Sousa. Brasil ,100’. As vidas de Kopolla, Aline, Auri e Luanda se entrelaçam na história de KPG, que volta ao bairro após três anos de internação na Fundação Casa.

Filme: EN LA ESPERA DEL MISMO RÍO – Dir. Argenis Herrera. Ficção. Venezuela, 2015, 12’.Domingo e Elizabeth são dois irmãos que se levantam um dia e percebem que sua mãe os abandonou. Decidem procurar então o suposto pai (de quem só têm uma fotografia), que vive em uma aldeia muito longe do bairro. Nesta viagem eles conhecem Ursula, que dá uma reviravolta em suas vidas.

 

UFAC – ADUFAC

15h – Mostra Foco Luis Opina
Filme: OIGA VEA Dir. Luis Opina. Documentário. Colômbia, 1972, 72’. Documentário de denúncia sobre o efeito, sobre a cidade de Cali, dos VI Jogos Pan-Americanos, vistos sob a perspectiva das pessoas que não puderam adentrar os estádios.

Filme: EM BUSCA DE MARÍA Dir. Luis Opina. Documentário. Colômbia, 1985, 15’. A partir dos únicos quatro planos que sobrevivem do primeiro longametragem mudo colombiano María (1921), do espanhol Máximo Calvo, o documentário combina as técnicas de pesquisa histórica, da entrevista e da reconstrução cênica para resgatar a memória de um filme perdido.

Filme: CALI DE PELICULA Dir. Luis Opina. Documentário. Colômbia, 1973, 14’.Documentário satírico sobre a Feira de Cali.

16h – Ciclo de Palestras Petrobras20 ANOS DE CINEMA, com Luis Opina

 

UFAC – ANFITEATRO

19h – Mostra Competitiva Internacional de Longa Metragem
Filme: DIAS EXTRAÑOSDir. Juan Sebastián Quebrada. Argentina/Colômbia, 2015, 71’.Dois colombianos – Luna e Juan – vivem nos subúrbios de uma Buenos Aires sem argentinos. Sua relação oscila entre gestos de ternura e explosões violentas.

21h – Mostra Competitiva Internacional de Longa Metragem
Filme: SAMURAY-S – Dir. Raul Perrone. Ficção. Argentina, 2015, 110’. Três histórias de samurais – bons e maus – e seus relacionamentos de amor e vingança.

 

CLÍNICA CAMINHO DE LUZ – BAIRRO VILA ACRE, RAMAL DO CANIL

19h – CINEMA NOS BAIRROS
Programa Cinema nos Bairros
Tempo total aproximadamente 90min. CLASSIFICAÇÃO LIVRE

 

RESTAURANTE MEXICANO ZAPATA – Parque da Maternidade

22h – PACHA MEXICANO

Dia 27/11 – sexta-feira

USINA DE ARTE – CINEMA

15h – Encontro com a Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura – SAV com a presença do Secretário Nacional de Audiovisual, Pola Ribeiro

 

BIBLIOTECA DA FLORESTA

9h – Mostra de Cinema Comunitário Stefan Kaspar
Filme: TERRA PARA QUEM – Dir. Ronaldo Santiago. Brasil, x, 27’. Dois poemas de Drummond narram os momentos do personagem que toda noite, sozinho, se reencontra, buscando sua identidade real nas lembranças da infância.

Filme: CABOCLOS NKISIS, A territorialidade banto no Brasil e em Cuba – Dir. Ana Stela Cunha. Documentário. Brasil, 2015, 26’. Reminiscências de histórias que se materializam em pequenos objetos, cantigas, vindos da “Angola”, dos “Congos”, da encantaria. Um diálogo acerca das noções de espaço, território e identidade no Brasil (Maranhão) e Cuba (Havana), tendo como eixo as religiões de ascendência banto.

 

BIBLIOTECA PÚBLICA

8h-12h – OFICINA DE REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL, com Adirley Queirós

15h – Mostra Água
Filme: LOS CASTORES – Dir. Antonio Luco e Nicolás Molina. Chile, 2014, 68’. Livre. Um casal de cientistas viaja pela Patagônia chilena a fim de estudar os castores e encontrar formas de minimizar seu impacto sobre as lindas paisagens da Terra do Fogo. Os raros e estranhos personagens que encontram têm em comum um profundo ódio por esses bichos.

16h – Mostra Identidades
Filme: XINGU CARIRI CARUARU CARIOCA – Dir.Beth Formaggini. Documentário. Brasil, 2015, 90’. Livre. O ponto de partida é o encontro, a troca entre as chamadas “culturas populares” e a “cultura pop”. Músicos que se reúnem para conversar e tocar junto sons tradicionais e contemporâneos mostrando que o patrimônio cultural não é constituído de coisas passadas.

 

CINE RECREIO

14h – Mostra Pacha Caboquinho
Filme: AMAZÔNIA – Dir. Thierry Ragobert. Ficção. Brasil/França, 2013, 83’. Livre. Uma viagem pela floresta amazônica pelo ponto de vista de um pequeno macaco prego, único sobrevivente de um acidente de avião, que desvendará os mistérios da fauna e da flora da maior floresta tropical do planeta.

19h – Lançamento de Filme
Filme: ARQUEOLOGIA DO RECENTE Dir. Danilo de S’Acre. Ficção. Brasil, 2015, 12’. Um ensaio sem ser ensaio. Insinuação experimental, sugerindo interiorizações e provocações. Um filme com estudos de performance e pintura corporal com refinações surreais e trash. O caos e a origem de tudo. Uma proposta fragmentária e lúdica sem sentido aparente.

19h15 – Mostra Trifronteira – Brasil
Filme: QUE HORAS ELA VOLTA – Dir. Ana Muylaert. Ficção. Brasil, 2015, 112’. Um retrato do Brasil dividido. As relações de poder e afeto entre patrões e empregados. O longa discute o velho e o novo Brasil através das figuras da empregada obediente e sua filha libertária.

21h – Mostra Trifronteira – Peru
Filme: LAS CULPAS – Dir. César Alberto Venero Torres. Peru, 2015, 15’. 14 anos. Uma notícia. Vários protagonistas, mas ninguém pretende se responsabilizar. CLASSIFICAÇÃO: 14 ANOS

Filme: MAGALHÃES – Dir. Salvador del Solar. Peru/Argentina/Colômbia, 2015, 109’. A vida monótona de Magallanes é virada de cabeça para baixo no dia em que embarca em seu táxi Celina, uma mulher que ele conheceu nos violentos anos em foi soldado do Exército peruano e lutou contra o Sendero Luminoso. Buscando redenção, ajudará Celina em um plano arriscado.

UFAC – ADUFAC

15h – Ciclo de Palestras Petrobras20 ANOS DE CINEMA, com Diego Lerer

 

UFAC – ANFITEATRO

15h – Mostra Mirada Latina
Filme: DÓLARES DE AREIA – Dir. Laura Amelia Guzmán e Israel Cárdenas. Drama. República Dominicana/Argentina/México, 2014, 85’. Noeli é uma jovem dominicana que se aproveita de turistas, entre eles Anne, uma senhora francesa que deseja viver na ilha para sempre. O namorado da jovem quer que ela convença Anne a levá-la para Paris, mas os sentimentos se confundem conforme se aproxima a data da viagem.

19h – Mostra Competitiva Internacional de Longa Metragem
Filme: VIDEOFILIA – Dir. Juan Daniel F. Molero. Ficção. Peru, 2015, 103’. Luz é uma adolescente inadaptada que passa os primeiros dias livres da escola vagando pela internet em busca de novas experiências. Assim conhece Júnior, um obsessivo por teorias da conspiração, pornografia e jogos online.

21h – Mostra Foco Luis Opina
Filme: PURA SANGRE – Dir. Luis Opina. Ficção. Colômbia, 1982, 82’. O estranho desaparecimento de crianças e o aparecimento recorrente de seus cadáveres nus em áreas despovoadas de Cali criam um estado de terror e pânico na cidade. O imaginário popular e a mídia tecem hipóteses em torno dos crimes: fala-se de um sádico, um monstro, um vampiro.

 

COMUNIDADE BOM JESUS – BAIRRO VILA ACRE

19h – CINEMA NOS BAIRROS
Programa Cinema nos Bairros
Tempo total aproximadamente 90min. CLASSIFICAÇÃO LIVRE

 

USINA DE ARTES JOÃO DONATO

23h – PACHAFESTA

Show com a banda OS DESCORDANTES, especialmente preparado para o Festival Pachamama, e lançamento do videoclipe da música “Hoje de Manhã”.

Lançamento do videoclipe Manoa
Participação especial do DJ/VJ SHAMA e seu Live Cinema (cinema ao vivo) – uma experiência multisensorial feita de imagens, sons, aromas e outras sensações.

Além de edição especial da NOITE LATINA, com as DJs Malu e Angela e o melhor da música latino-americana.

Entrada: R$ 30,00
Antecipado: R$ 20,00
Estudante: R$ 15,00

Vendas antecipadas durante todo o Festival:
Cine Recreio, Uninorte, Ufac, Usina de Arte

Dia 28/11 – sábado

CINE RECREIO

14h – Mostra Amazônia

Filme: O POETA DA 6 – Dir. Arthur Miúda e Fernanda Robles. Documentário. Brasil, 2015, 40’. Livre. Com depoimentos de fortes personalidades da música do Acre e músicas do próprio artista, o documentário fala sobre a vida, trajetória e arte do cantor, compositor e poeta Andrelino Caetano, sucesso na época dos famosos festivais do Amapá, FAMP e do antigo Casarão.

Lançamento do Filme: NIXPU PIMA, Rito de passagem huni kuin – Dir. Pãteani Huni Kuin. Documentário. Brasil, 2015, 36’. Livre. Incentivada pelo pai, Pãteani Huni Kuin torna-se a única cineasta de sua tribo. Ela por sua vez o observa realizar suas pesquisas, entrevistar os mais velhos e planejar a festa de batismo tradicional huni kuin.

Filme: BITO – Dir. Madison Oliver, Gabriel Aguiar e Erika Costa. Brasil, 2015, 11’. Bito é um contador de histórias que cria a sua própria realidade através da sua imaginação, inspirado nos contos de Florentina Esteves o curta mostra um dia da vida de Bito e seu olhar criativo sobre o mundo.

HOMENAGEM A TROTAMONDO

Filme: TRILHAS DE AMOR – Dir. Adalberto Queiroz, Fátima Cordeiro, Rosilene Nobre e Oscar Xavier. Brasil, 2015, 20’. Uma viagem ao túnel do tempo com cenas marcantes de amor de 1972 a 2015, e homenageia os pioneiros do cinema acreano, rumo aos 50 anos de história.

Filme: VIDA ARTE SERINGUEIRA – Dir. Felipe Lopes. Brasil, 2015, 8’. As vidas de Gilberto Silva e Raimundo Nonato, artesãos, tem se construído com respeito e admiração pela floresta, ensinamento percorrido por anos na Reserva Extrativista Cazumbá-Iracema, localizada em Sena Madureira. A área de 750 mil hectares de floresta, totalmente protegidas, abriga diversos trabalhos de preservação e geração de renda, uma das principais atividades é a arte com o látex da seringueira. Gilberto e Raimundo contam, no documentário “Cazumbá-Iracema – Arte da Floresta”, suas histórias e como aprenderam que a natureza traz respeito e união para a comunidade em que vivem. O documentário é uma produção independente de Fellipe Lopes, partindo de um objetivo de imersão pessoal na natureza amazônica e na vida de pessoas que crescem na floresta. O produto final é um ato de compartilhar os ensinamentos da natureza conectado as pessoas que fazem parte dessa Reserva.

Filme: MANJARA Dir. Zé Leão. Ao malinar de uma cobra, quando ainda grávida, Preta ver nascer nas costas de seu filho um sinal que vai marcar para sempre a sua vida e de seu curumim.

CINE RECREIO

18h – Vernissage
EXPOSIÇÃO ARTE DO SER

18h – PREMIAÇÃO

20h – Sessão de Encerramento Petrobras

Filme: AMAZONAS. Dir. Carlos Piñeiro. Bolívia, 2015, 12’. Celestino parte desde os Andes até o Brasil à procura de novas oportunidades, mas não consegue chegar a seu destino. O migrante fica na fronteira e é intimidado a trabalhar na única lavanderia do lugar, onde o cativeiro lhe revelará o verdadeiro valor da liberdade.

Filme: NISE – O CORAÇÃO DA LOUCURA – Dir. Roberto Berliner. Brasil, 2015, 108’. Livre.Ao sair da prisão, a doutora Nise da Silveira retorna ao trabalho num hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro e se recusa a empregar o eletrochoque e a lobotomia no tratamento dos esquizofrênicos. Isolada pelos médicos, resta-lhe assumir o abandonado setor de Terapia Ocupacional, onde inicia a sua revolução regida pelo amor, arte e loucura.


  • Published: 2 anos ago on 13 de novembro de 2015
  • By:
  • Last Modified: novembro 13, 2015 @ 1:04 pm
  • Filed Under: Notícias

Deixe uma resposta

Parceiros do CDDHEP